Ensaio #6

Guilherme: Para mim foi rodada dupla: depois do apito final de Grêmio 1×0 Guarani, parti para o Complexo Master, no qual faríamos o penúltimo ensaio antes do show do dia 08.09.2010. Apesar do atraso dos caras, conseguimos passar o repertório, no mínimo, três vezes. Resolvi levar a Gibson BFG para utilizá-la, pela primeira vez, em alto e bom som com distorção. E a guitar não decepcionou, cumprindo bem o papel de dar aquele conhecido “low end” nos riffs que os captadores duplos (humbuckings) são tão apropriados. Como timbre, utilizei um do PODxt que seria de uma música do Joe Satriani, e serviu pois emula o amplificador Soldano (o meu favorito para tocar URSO, ao menos nas gravações caseiras) e acrescentei um Fuzz Pi e, na última rodada, um chorus. O Brenno também encontrou seu som com a utlização do oitavador em certos riffs. O repertório é aquele: “Os Conselhos que Vos Deixo”, “All Black”, “A Morte, o Bem e o Malzbier Livre”, “Sem Prejuízo” e “Imigrante”. Na primeira rodada tive problemas com a correia, que caiu bem no meio de “Imigrante”, então tive que apoiar, de alguma maneira, com a mão direita, ao mesmo tempo em que palhetava as cordas. Os caras contaram uma história que renderá o título de uma nova composição, em breve (tocaia). Por pouco o Andrio não compareceu com a sua camisa do Grêmio, o que impediu um “twin guitar” tricolor. Próximo encontro é na véspera do feriado cívico.

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s